UOL - O melhor conteúdo
Awell
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Migal
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Midranda
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Valento
ALFA   (18x)
BETA   (16x)
GAMA   (16x)
Cronus
ALFA   (2x)
BETA   (2x)
GAMA   (2x)
Próxima Manutenção
19/09/2019 às 05:20h
SERVER STATUS
Eventos
O CHAMADO DAS TREVAS - PARTE 1: ASMODIANOS (NOVO!)


Os Cristais Negros eram entidades sencientes que absorviam a força vital dos pristonianos para criar os ciclopes-espiões de Midranda.
Quando se deparavam com os guerreiros, que julgavam ser mais aptos para serem transformados em Shogoths, abduziam-nos e enviavam, diretamente, para o sinistro Laboratório de Yagditha no Abismo do Mar.
Além disso, quando Midranda criou os Cristais Negros com a sua Esfera Elemental Negra do Éter, ele imprimiu a sua mensagem no núcleo da entidade para que somente os seus seguidores pudessem ouvir.
Em todo o continente, os Asmodianos, os Igolanos e os Sophetios ouviram o Chamado das Trevas e começaram a se reorganizar, preparando-se para a nova Ascensão de Midranda.
Quando os Cristais Negros foram destruídos pelo poder do som do diapasão mágico, muitos ciclopes-espiões conseguiram escapar, refugiando-se no interior do continente.
Através dos olhos e ouvidos deles, Midranda descobriu que os batalhões pristonianos estão se deslocando para o mar, provavelmente, para reunirem-se com o Príncipe mestiço, líder dos rebeldes.
Graças à intervenção de Tsora, os Sophetios conseguiram se livrar, por ora, da influência maligna do seu criador.
Mas, logo, os ciclopes-espiões encontram os líderes Asmodianos, que se isolaram no extremo ocidental do continente, após a última derrota de Midranda na Terceira Guerra dos Deuses.
Os Asmodianos são guerreiros muito poderosos, fanáticos servidores fiéis à Midranda, que formaram o seu imbatível exército, montado em seus ferozes dragões e sob a liderança do cruel Draxos na Segunda Guerra dos Deuses.
Mesmo após o banimento de Midranda pela Aliança dos Deuses, os Asmodianos nunca desistiram de tomar o antigo mundo de Iprian e esperavam pelo seu retorno.
Estrategistas bélicos brilhantes e inescrupulosos, desenvolveram a primeira arma biológica da história e deflagraram uma pandemia, que quase aniquilou a existência pristoniana da face do continente.
De tão terrível e mortal que foi a peste Asmodiana, que esse catastrófico evento ficou conhecido como a Tempestade da Morte.
Naquela época, a necessidade de sobrevivência uniu, pela primeira vez, os Wyzen e os Thaion, que formaram a “Grande Aliança” e descobriram a cura para o vírus letal através da aplicação da técnica da “Fusão”.
Após a última derrota de Midranda, os Asmodianos se isolaram, novamente, aguardando uma nova oportunidade para destruir, definitivamente, os pristonianos.
Durante esse período de reclusão, os Asmodianos aprimoraram o vírus da Tempestade da Morte, utilizando a cepa do vírus criado pelo Greedy no seu último ataque.
O novo vírus Asmodiano é ainda mais mortal e é letal para o povo tanto para os Sophetios quanto para o povo das águas também.
Os Asmodianos planejam, agora, uma forma de disseminação da nova peste para atingir as raças pristonianas e todos os seus aliados.
Embora não sejam profundos conhecedores da magia, mesmo separados dos Igolanos após a última grande guerra, os Asmodianos tentam trazer o seu antigo líder Draxos de volta, desaparecido desde quando foi derrotado pelos Guardiões do Continente, para liderar, mais uma vez, o seu povo na nova Ascensão de Midranda.
Quando recebem a visita dos ciclopes-espiões de Midranda, após ouvirem a sua mensagem transmitida através dos Cristais Negros, os Asmodianos percebem que é chegada a hora de insurgirem-se novamente.
Mesmo sem poder contar com a sua montaria de dragões, praticamente extintos no final da Segunda Guerra dos Deuses, os guerreiros Asmodianos começam a atacar os batalhões pristonianos na sua rota para o litoral, para impedi-los de chegar ao seu destino no esconderijo do Príncipe Zarad no fundo do mar.
Com a sua estratégia de ataque massivo à Fortaleza de Yagditha sob ameaça de ser frustrada, o Comandante Derik mobiliza as tropas para proteger os batalhões em deslocamento e designa a Guarda Real e os Magos Reais, que permaneceram no continente, para investigar os planos dos Asmodianos e tentar descobrir o seu esconderijo.
No Abismo do Mar, com os reforços de Yagditha aos grupos de caça e após Midranda ter suprido a escassez de alimentos do povo das águas com a sua magia, o Príncipe Zarad e seu grupo de tritões são obrigados a recuar, juntando-se à Razik e Ray para acelerar a construção do posto avançado.
Yagditha toma conhecimento da traição da Sereia Marina, após ela desaparecer do palácio na Fortaleza. Sem muita demora, descobre sobre a migração massiva de ermitões para longe do Abismo do Mar, desde que criou os bizarros Caramujos e modificou as Plantas do Abismo, também, e ouve boatos de que estão sendo acolhidos pelo Príncipe Zarad em seu esconderijo.
Os melhores rastreadores são enviados por Yagditha atrás de Hermit e seus irmãos ermitões e de Marina, para capturá-los, torturá-los e obter as informações de que necessita.
Midranda fica satisfeito com a resposta dos seus seguidores Asmodianos em terra e convoca o seu servo Deykoon para uma missão na Estrada Sombria, colocando em prática o plano para resgatar os seus guerreiros e construir um novo exército.
Em terra e no mar, conforme o tempo passa, a dificuldade para a implementação do plano de ataque pristoniano aumenta e torna-se, cada vez, mais arriscado.
 
Confira os detalhes do evento O Chamado das Trevas - Parte 1: Asmodianos (NOVO!) nas tabelas abaixo:
 
 
 
 
 
 
 

O evento O Chamado das Trevas - Parte 1: Asmodianos (NOVO!) está ativo nos subservidores Alfa, Beta e Gama de todos os servidores.
 
 
 
Moriph, o Surtado!
 
 
 
Após o período de letargia do Moriph no inverno, em que negligenciou a cobrança dos tributos devidos aos deuses pelo Aging, quando cai em si, desespera-se, surta e sai vagando, sem rumo, pelo continente afora!
Quase sem ouro para entregar aos deuses, o Moriph apanha os seus Sheltoms espúrios, que não servem para realizar o Aging, e transforma-os em verdadeiras armas para atacar, insanamente, a todos que cruzam o seu caminho.
O Moriph, Surtado, aparece em todo os mapas, aleatoriamente, e dropa os seguintes itens:
 
 
O evento “Moriph, o Surtado!” está de volta e ativo nos subservidores Alfa, Beta e Gama de todos os servidores.
Divirta-se!
 
 
 
Assim como os pristonianos fizeram novos aliados no fundo do mar, os antigos seguidores de Midranda ressurgiram, em resposta, ao seu Chamado das Trevas.
Derrote os Asmodianos, descobrindo os seus planos, e ajude os batalhões pristonianos a chegar ao posto avançado no esconderijo do Príncipe Zarad!
 
 
 
Equipe Priston Tale

COMENTÁRIOS
Para comentar, é necessário que você efetue o login.




RANKINGAWELL
Lanohat
169

Askew
165

xDDA
165

Liipehh
165

Mitoo17
164

BLESS CASTLEAWELL
CataPuTa
MasterKills
INOVADOS

BELLATRAAWELL
CataPuTa
HomensDeBem
MasterKills

ÚLTIMOS PUNIDOSAWELL
EdeCasa
87
09/09/2019

Socao
91
09/09/2019

[t]Klaus[t]
152
06/09/2019

O QUE ESTÁ ROLANDO?
PRISTON SHOP