UOL - O melhor conteúdo
Awell
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Migal
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Midranda
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Valento
ALFA   (20x)
BETA   (18x)
GAMA   (18x)
Cronus
ALFA   (2x)
BETA   (2x)
GAMA   (2x)
Próxima Manutenção
20/01/2022 às 05:20h
SERVER STATUS
Eventos
A INCURSÃO DO GENERAL KITHIUS – PARTE 2


 À medida em que o Prana é coletado pelos guerreiros, a magia de Branwen consegue suspender o avanço do veneno através do corpo de Celina que, gradativamente, começa a recuperar a sua vitalidade.
Os Xamãs Reais analisam os restos mortais de Raxgarus, enquanto aguardam a chegada das Sacerdotisas dos Elementos.
A horda de plantas monstruosas, que foram despertadas por Kithius, cruzam o deserto destruindo as Idraseras pelo caminho e chegam em Oásis para alimentar-se.
Um batalhão de guerreiros é destacado para contê-las no local, visando a possibilitar que as Idraseras se multipliquem em outros lugares e o Prana continue sendo coletado para ajudar Celina.
Em Pillai, Heres procura Midranda para relatar sobre a aparição das Idraseras no continente:
 
- “Mestre, a fada da Primavera ressurgiu e está utilizando a Mana da Árvore da Vida para ajudar Idhas!”, informa Heres.
- “Devemos nos preocupar com isso, Heres?”, indaga Midranda irrequieto.
- “Na realidade, o Prana não pode salvar Idhas, mas está apenas prorrogando o seu martírio. Quando o veneno tomar todo o seu corpo, ela estará presa no sono eterno, entre a dimensão da vida e da morte. Não poderá morrer nem renascer”, explica Heres.
- “Excelente! Estamos no limiar da vitória derradeira nesta guerra contra os infiéis, minha cara Rainha. Nada pode atrapalhar o nosso caminho agora!”, exclama Midranda, triunfante.
- “Intrigou-me a visita dos misteriosos seres aquáticos, Mestre. O que queriam convosco, que fizeram com que contivésseis o ataque de Greedy ao Lago da Ganância?”, especula a Rainha Succubus, temerosa.
- “Não é oportuno iniciarmos uma nova guerra contra o povo dos mares neste momento. Por ora, são apenas convenientes aliados. Quando expurgarmos os pristonianos da face continente, conquistaremos o reino das profundezas do oceano também”, justifica-se Midranda.
- “Confio em vossa sabedoria, meu Senhor!”, reverencia Heres.
Preocupada, a Rainha Succubus decide investigar o estado de Celina mais de perto.
Enquanto isso, Kithius avança, confiante, com as suas hordas.
Sempre fiel à Midranda, Kithius não se separa dos totens sagrados, assim como os seus comandantes.
No caminho, o exército de Kithius chega a uma vila e os aldeões são massacrados sem piedade.
Subitamente, a imagem da opressão e da tirania do seu exército, destruindo completamente a vila, desperta-lhe lapsos de memória do seu passado remoto.
Kithius era o mais forte dos guerreiros da sua aldeia. Bárbaro, selvagem e destemido, Kithius vivia como um fora da lei, saqueando os carregamentos dos comerciantes mais abastados para garantir a sobrevivência do seu povo.
Na Primeira Guerra dos Deuses, o exército Asmodiano de Midranda marchou contra a sua aldeia e Kithius, sem hesitar, decidiu confrontá-lo diretamente.
Derrotando-o com um único golpe, Midranda conseguiu enxergar o potencial de Kithius na sua tola e imprudente investida:
 
- “Venha comigo, guerreiro! Serás muito poderoso e lutarás ao lado do único deus desta terra que precisa ser purificada!”, convoca Midranda.
 
Em seguida, o corpo quase morto de Kithius é envolvido por uma escura e densa aura vermelha, curando os seus ferimentos e escravizando a sua mente.
Tomado pelo poder obscuro de Midranda, Kithius retorna à sua aldeia, dizimando o seu próprio povo com uma ira jamais sentida.
Vitória após vitória, Kithius tornou-se impiedoso e cruel e, logo, conquistou o posto de General do sórdido exército de Midranda.
As memórias de Kithius são bloqueadas, então, pelo feitiço de Midranda, deixando-o, temporariamente, desnorteado.
Imediatamente, Kithius toma um totem em suas mãos e ratifica a sua fidelidade à Midranda, ordenando às suas tropas para continuarem avançando.
Mas, no seu íntimo, tem a desconfortante sensação de ter se tornado aquilo que mais desprezava...
 
Em Ricarten, a Clériga do Templo cuida de Celina, enquanto recupera a sua força vital:
 
- “Argh!... Argh!…
Você... Idhas!...
Não pode morrer... não... viver...!”, delira Celina, agonizante.
- “Você ficará bem, minha amiga!
Tenha calma! Estou aqui por você...”, conforta-a Diana.
 
Neste momento, a Clériga do Templo revive a sua visão do momento do ataque da Rainha Succubus à Celina:
 
- “Ha ha ha ha ha! Você não se parece em nada com uma deusa agora, Idhas!
Se você não pode morrer, então, não poderá viver também!”.
 
O Oráculo não consegue entender porque continua tendo essa visão recorrente, mas tem a intuição de que a deusa Idhas continua sendo a chave para derrotar Midranda.
Oculta por uma densa névoa escura, tornando-a invisível, a Rainha Succubus observa a tudo atentamente.
 
Confira os detalhes do evento A Incursão de Kithius – Parte 2 nas tabelas abaixo:
 
 

O evento A Incursão de Kithius – Parte 2 está ativo nos servidores Alfa e Beta de todos os servidores.
As hordas e bosses da Parte 1 do evento A Incursão de Kithius e o mini-evento da Primavera, a Árvore da Vida, continuam ativos.
 
 
O exército de Kithius continua avançando, resolutamente, contra os pristonianos e marcha em direção ao Castelo Bless.
As hordas de plantas monstruosas estão tentando impedir que o Prana seja coletado das Idraseras para ajudar Celina.
Enfrente o bárbaro Kithius, o general mais poderoso de Midranda, e ajude a encontrar a cura para Celina!
Avante, bravo guerreiro!
 
 
 
Equipe Priston Tale

COMENTÁRIOS
Para comentar, é necessário que você efetue o login.




RANKINGAWELL
ZeishuaN
177

hzzwATA
176

PICANTEz
176

KvNWeeDz
176

xGabi
176

BLESS CASTLEAWELL
CataPuTa
AlcatraZ
ESCR0T0S

BELLATRAAWELL
CataPuTa
YouFront
LockDown

PRISTON LIVE!
ÚLTIMOS PUNIDOSAWELL
Brugame
103
11/01/2022

™Themido™
102
11/01/2022

SemCalcinha
121
08/12/2021

O QUE ESTÁ ROLANDO?
PRISTON SHOP