UOL - O melhor conteúdo
Quest Global
100%
Awell
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Migal
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Midranda
ALFA   (15x)
BETA   (13x)
GAMA   (13x)
Valento
ALFA   (20x)
BETA   (18x)
GAMA   (18x)
Cronus
ALFA   (2x)
BETA   (2x)
GAMA   (2x)
Próxima Manutenção
Amanhã às 05:20h
SERVER STATUS
Updates
SANTUÁRIO DO ABISMO


Há muito tempo, quando o povo das águas despontou como a raça mais promissora do continente, o deus Zairweus criou a fonte da Água da Vida, que tem o poder regenerativo capaz de curar qualquer ferimento ou enfermidade, conceder a imortalidade aos mortais e até ressuscitar os mortos; simbolizando a força da partícula dos deuses fluindo através de tudo e de todos os seres vivos.
Após a destruição do mundo do Abismo do Mar pela fúria dos deuses e através do poder do Tridente Lendário, quando Yagditha reconstruiu a cidade e reunificou os sete reinos, feito este já realizado por sua mãe, a Sereia e rainha Yansen, ao insurgir-se contra os deuses para vingar a morte do seu marido e rei Tritão Aegon; tomou posse da fonte sagrada e construiu uma gigantesca estátua, à sua própria imagem, sobre ela.
A fonte da Água da Vida não podia ser utilizada por ninguém, nem mesmo pela sua irmã Sereia Yaten, permanecendo sempre sob forte guarda.
Quando Midranda foi derrotado pela segunda vez, na Terceira Guerra dos Deuses, Yagditha o salvou de um novo banimento com objetivo de aliar-se a um deus para dominar os dois mundos: o das águas e o continental.
Mas, mesmo debilitado, Midranda conseguiu subjugar Yagditha à sua vontade, manipulando-o contra os pristonianos até ter sido derrotado e obrigado a isolar-se, juntamente com os remanescentes do seu exército, no Santuário do Abismo, atrás de uma impenetrável barreira mágica.
Desde então, enquanto se recuperava dos ferimentos da batalha, tem dedicado toda a sua energia divina obscura para tramar e preparar a derradeira vingança contra a deusa Idhas e a Grande Aliança dos Deuses.
Após a batalha invernal, quando a Dama da Neve e o Dragão de Snowstorm foram derrotados, Midranda deflagrou o seu novo e terrível plano, enviando as suas projeções da Tríade da Destruição para escravizá-los e submetê-los ao seu controle mental.
Reunidos no Santuário, novamente, o imponente deus Midranda, pairando sobre a fonte da Água da Vida, com os olhos incandescidos como o fogo e as enormes asas batendo lentamente; compondo um tetraedro em uma sinistra geometria com a Tríade da Destruição abaixo dele, que retornaram para o Templo após cumprirem a sua última missão; realizam um ritual mágico macabro para externar o seu poder, agora, revitalizado pela Água da Vida, em toda a sua extraordinária e assustadora plenitude, enquanto entoa sons e palavras na língua velada dos deuses.
Em seguida, com magia similar à que utilizara para criar a barreira mágica em torno do Templo, o deus do mal faz a fonte da Água da Vida desaparecer sob os pés da enorme estátua de Yagditha, como se nunca tivesse existido, preservando o seu fabuloso poder longe do alcance de todos, no subterrâneo do chão de pedras que a substituiu no lugar.
A magia da fonte da Água da Vida, que é capaz de transformar quem nela, regularmente, banha-se em imortal, tornou o deus Midranda, que já era o mais poderoso dentre todos os deuses da antiguidade, o mais violento, perigoso e maligno da história dos mundos.
No mesmo instante, a barreira mágica é desativada e os portais do Santuário do Abismo, finalmente, abrem-se no interior da Fortaleza, anunciando o Ressurgimento de Midranda.
 
Confira todos os detalhes da atualização da versão 4.22.6 do Priston Tale!






Novo Mapa Santuário do Abismo - Nível 165


O Santuário do Abismo era o lugar mais sagrado para o povo das águas.
Construído com esmero e sob a supervisão de Yagditha, o Templo ostentava a pujança em cada detalhe mínimo: ouro, pedras preciosas, pérolas, corais e conchas raras, incrustadas em impressionantes fragmentos de rochas que revestiam o piso e compunham a colossal estrutura das colunas de sustentação da abóbada dourada, repleta de diamantes cujo brilho imitava o reluzir das constelações no infinito do céu, a dezenas de metros de altura.
O mais impressionante do Santuário do Abismo, entretanto, era o altar que, de tamanha beleza, ofuscava a estátua gigante de Yagditha sobre a fonte da Água da Vida, localizada bem ao seu lado.
Mas, quando as portas do Templo se abrem, a visão do local é desconcertante.
O que antes era luminoso e brilhante, tornou-se escuro e opaco.
O altar foi desintegrado e a fonte da Água da Vida desapareceu, remanescendo apenas a estátua degradada do imperador Yagditha, que mais parece uma memória distante de somente mais um líder tirano da história do Priston, deposto do seu trono e destruído pelo desejo incontido pelo poder.
O solo sagrado do povo das águas foi profanado e usurpado por um deus cruel que, para conseguir realizar a sua vingança e conquistar o mundo como o deus único para todos, destruirá tudo e a todos que não se ajoelharem diante dele, sem escrúpulos.
Partindo do Santuário do Abismo, Midranda pretende aniquilar os pristonianos e o povo das águas, igualmente, planejando a terraformação do Priston para transformá-lo num mundo sombrio e o habitat perfeito para as criaturas das infradimensões e aberrações, que ele tanto apreciava criar nas primeiras eras do continente.
Se Midranda vencer, o Priston ingressará numa nova era de trevas que, desta vez, poderá ser a última da sua existência e não ter mais fim...

Conheça o Novo Mapa Santuário do Abismo – Nível 165!



Mapa Abismo do Mar Congelado - Nível 155

 
Derrotado, mais uma vez, pelo seu algoz, o Dragão de Fogo Kelvezu, que lutou, ferozmente, para defender a sua prole, o Dragão de Gelo de Snowstorm repousa nas profundezas do seu novo covil no Abismo do Mar, curando-se das feridas da luta e, catatônico por força do encantamento da Sombra de Midranda, aguarda as ordens do seu novo mestre.
Sem muita demora, Midranda comanda o seu novo dragão de estimação para buscar pela fonte dos Cristais Mágicos, cavando e avançando mais fundo na caverna, em direção ao subterrâneo das águas profundas do Abismo do Mar.
Mas, antes, o deus perverso canaliza a Água da Vida, diretamente da fonte oculta de Zairweus, para banhar o corpo massacrado do titã caído, curando-o instantaneamente.
Revigorado e usando as suas poderosas garras como escavadeiras, o Dragão de Snowstorm atinge uma profundidade tamanha, que a temperatura da água fica quente e insuportável para a criatura mítica de gelo; mas, consegue encontrar, finalmente, uma jazida de valor inestimável, contendo mais Cristais Mágicos do que todos os já extraídos da Mina de Gelo ao longo da história dos pristonianos.
Midranda acompanha tudo através dos olhos do Dragão escravizado e ordena que dispare a sua rajada congelante sobre a jazida, para recriar o fenômeno do rio de lava de gelo, mas cuja fonte encontra-se tão profunda, que nenhum mortal é capaz de alcançar.
O magma congelante, logo, brota das profundezas e, mais uma vez, ao longo do seu curso começa a congelar, instantaneamente, tudo o que cruza o seu o caminho e os seres que, misteriosamente, sobrevivem ao seu toque mortal, são absorvidos pelo poder dos Cristais Mágicos fundidos pelo poder da Chama de Gelo.
Os seres renascidos da Chama de Gelo, por possuíram a sua nova vida, essencialmente, ligada ao Dragão, imediatamente, transformam-se em mais soldados-escravos para o exército em formação de Midranda.
Mesmo com o fluxo mais intenso do novo rio de lava de gelo, que também corre a partir e sob as ruínas da antiga cidade do povo das águas, com o Inverno chegando ao seu fim, felizmente, as temperaturas do continente não são muito afetadas.
Mas, o Abismo do Mar está congelando novamente.
O povo do Príncipe Zarad voltou a ter a sua sobrevivência ameaçada pelo Dragão de Snowstorm e, também, dentro da Fortaleza, pela investida de Midranda no Santuário.
 
O Mapa Abismo do Mar Congelado, juntamente com os monstros da horda e boss, foi lançado como um dos Eventos Especiais de Inverno neste ano e agradou a toda comunidade de jogadores do Priston Tale.
Por isso, com a anuência da desenvolvedora Masangsoft, decidimos por mantê-lo como um conteúdo permanente a partir desta atualização.
Aproveite!
 



 
Novos Monstros

Quando os enormes portões do Santuário do Abismo se abrem, imediatamente, os guardas de prontidão avisam o Príncipe Zarad sobre o ocorrido.
Mas, estranhamente, apesar das criaturas de Midranda terem tomado conta do local e as suas silhuetas poderem ser avistadas de fora, nenhuma delas sai do Templo, quando a expectativa era de um ataque massivo do inimigo desde o primeiro instante em que as portas se abrissem.
Zarad envia um mensageiro ao continente e decide, então, mobilizar suas tropas, preparando-se para invadir o Templo, sem saber o que enfrentarão no seu interior.
Penetrando, cautelosamente, no território inimigo, o batalhão de Zarad engaja-se no primeiro confronto contra os guerreiros remanescentes de Midranda, que permaneceram ao seu lado durante todo o tempo da sua recuperação.
Os tritões do Príncipe do reino das águas, logo, percebem da pior maneira possível, que os seus oponentes são, extraordinariamente, fortes e, apesar da semelhança com os conhecidos guerreiros do exército de Midranda, recrutados para lutar na Terceira Guerra dos Deuses, a sua fisiologia e psique parecem ter sido modificadas artificialmente.
Assim como o próprio Midranda foi transformado pelo poder mágico da fonte da Água da Vida, em virtude da sua exposição prolongada durante o período em que se recuperava dos graves ferimentos sofridos na batalha que lhe custou a guerra, aparentemente, os seus guerreiros também o foram, mas com uma evidente influência adicional maligna e muito poderosa atuando concomitantemente, que alterou as propriedades mágicas da Água da Vida.
Os guerreiros de Midranda remanescentes não são numerosos, mas muitos outros conseguiram atravessar os portais dimensionais da Estrada Sombria e se juntaram a eles, pouco antes do fim da Guerra dos Mundos.
Lutando como animais enlouquecidos, que ganharam poder e força sobrenaturais do deus do mal, massacram a linha de frente do batalhão do Príncipe Zarad com grande facilidade.
Em dificuldade e lutando no território inimigo, Zarad ordena aos seus soldados para resgatarem os feridos e prepararem-se para a retirada.
Mas, subitamente, os guerreiros caídos começam a piorar rapidamente, chegando ao estado de quase morte de forma anormal.
Em seguida, uma luz negra os envolve, como se fosse a magia da Água da Vida em ação, exceto pela coloração escura da luz.
O Príncipe Zarad, imediatamente, reconhece a semelhança da magia negra que estava afetando os seus guerreiros com a da fonte de Zairweus, pois teve que banhar-se nas suas águas medicinais para sobreviver, quando foi aprisionado e ferido no interior do Santuário do Abismo.
Todavia, pouco antes de serem mortos, um fenômeno inexplicável acontece. Em vez de morrerem, os soldados feridos são revitalizados com uma energia muito maior do que possuíam antes de terem sucumbido ao inimigo e, em vez de terem os seus ferimentos curados, permanecem em um estado de degradação impossível à vida.
Em seguida, um a um, os guerreiros do Abismo do Mar feridos, começam a se levantar e a atacar os seus próprios companheiros, dominados pelo poder intransponível de Midranda, paradoxalmente, quase mortos e, simultaneamente, apresentando uma força descomunal.
Antes de ter a chance de expressar qualquer reação contra o que estava acontecendo, a operação de Zarad transforma-se num verdadeiro pesadelo.
Quanto mais lutam, mais guerreiros são feridos gravemente e transformam-se em uma adição ao macabro exército de Midranda.
O número do contingente inimigo cresce exponencialmente e em uma velocidade impressionante, expandindo-se para as áreas anexas ao Santuário do Abismo e dominando, rapidamente, a Fortaleza.
Zarad vê-se obrigado a recuar e, mal conseguindo escapar, resgata a Sereia Marina do confronto e busca abrigo em um local seguro, ainda não ocupado pelas forças de Midranda.
 
Lute contra os Novos Monstros do Santuário do Abismo para salvar o continente do domínio implacável do maquiavélico deus Midranda.
Confira!
 




Novo Boss - Midranda Ressurgido

Revitalizado pelo poder da Água da Vida, após ter perdido a Terceira Guerra dos Deuses, Midranda se beneficiou da magia da fonte criada pelo deus Zairweus e transformou-se na maior ameaça que o continente já enfrentou.
A Água da Vida mudou a estrutura da matéria do seu corpo físico e de suas asas, dando-lhe uma coloração mais esverdeada e uma consistência muito mais forte e resistente a ataques diretos, que causaram a sua derrota na última batalha.
Os seus olhos ganharam um brilho escarlate ainda mais intenso e o seu sangue prateado ficou mais denso.
Agora, quando Midranda canaliza a sua energia e a emana através de todo o seu corpo, os desenhos tatuados nos seus braços, abdômen, peito e testa, incandescem e manifestam uma luz fosforescente azulada e violeta muito brilhante.
Todas as suas novas características denotam um aumento significativo do seu poder, graças à magia da fonte da Água da Vida, que roubou de Yagditha e continua se beneficiando exclusivamente.
Mas, a maldade é intrínseca no deus Midranda e os seus planos e ações hediondos não encontram limites em sua consciência subvertida.
Além de escravizar a Dama da Neve e o seu povo, a Tribo da Neve, que finalmente concordou em autoexilar-se no antigo covil do Dragão de Gelo, localizado na mais alta montanha congelada, dentro do seu Castelo de Gelo, prometendo não atacar os pristonianos do agora em diante, Midranda conseguiu dominar, também, o poderoso Dragão de Snowstorm e, apesar de curá-lo com a Água da Vida, obrigou-o a encontrar a maior fonte de Cristais Mágicos do mundo no mais profundo do subterrâneo do Abismo do Mar e a recriar o devastador rio de lava de gelo, que quase conduziu o Priston a uma nova Era Glacial.
Mas, o mais terrível plano do deus das trevas é o que ele guardou para o destino dos seus inimigos: os pristonianos, o povo das águas, a deusa Idhas e a Grande Aliança dos Deuses.
Para que a sua vingança seja completa, não basta apenas derrotar os seus inimigos, mas Midranda precisa humilhá-los e impor-lhes um sofrimento inimaginável.
Reservando a fonte da Água Vida para si, ocultando-a no subterrâneo do Santuário do Abismo e guardando-a com a força da sua barreira mágica, Midranda manipulou a essência revitalizante da Água da Vida, através da utilização da Quintessência roubada dos pristonianos e transmutada em matéria escura, para dar-lhe uma finalidade mais do que sinistra: em vez curar os feridos, a Água Negra da Vida provoca a degradação do organismo até o estado de quase morte. Em seguida, a magia negra de Midranda restabelece a energia vital da vítima, tornando-a quase infinita, concedendo-lhe uma força física extraordinária e mantendo-a sob o controle mental do deus do mal.
Trata-se de um destino pior do que a própria morte... destino pior do que sofreram os guerreiros pristonianos transformados em Shogoths por Yagditha... destino pior até do que morrer e ser ressuscitado na forma de um morto-vivo...
Todos os afetados pela magia da Água Negra da Vida de Midranda vivem no eterno desespero de estarem prestes a morrer, mas nunca morrem e nem sequer podem escolher morrer... são imortais encarnados na sua forma mais decrépita de existência, que vivem com medo de morrer, mas não morrem; desejam morrer, mas não podem; têm a memória e a consciência da sua vida toda, mas a sua alma está envenenada, tornando-os escravos da magia negra; permanentemente...

- “Ha ha ha ha ha!
Quando os meus inimigos ousarem a me confrontar, encararão a si mesmos e o seu pior medo, estando face-a-face com o reflexo no espelho do que se tornarão: nem mortos nem mortos-vivos; mas mortos em vida!
Quanto mais resistirem e lutarem, mais o meu exército crescerá em número e, em breve, ocupará o Abismo do Mar e todo o continente.
Bem-vindos ao meu purgatório!!!
Ha ha ha ha ha!”

 




NOVOS ITENS

Quando mensageiro do Príncipe Zarad chega à Ricarten, o Conselho Real instaura o estado de alerta de guerra em todo o continente.
O Comandante Derik prepara os batalhões para, mais uma vez, encarar o desconhecido com bravura e coragem.
Ainda ignorante do fato do Príncipe Zarad e Marina estarem sitiados dentro da sua própria Fortaleza, Celina apresenta-se à frente dos Conselheiros e canaliza a deusa Idhas, representando a Grande Aliança dos Deuses:

- “Os pristonianos são os nossos filhos e já suportaram mais sofrimento do que achávamos ser necessário à sua evolução...
Mesmo assim, não fugiram às batalhas que foram obrigados a travar contra as ameaças que assolam este mundo e adaptaram-se.
Conquistaram o mundo oceânico e foram capazes de unir-se ao povo das águas em aliança para lutar pelo bem maior, à semelhança da Grande Aliança dos Deuses.
Por isso, há algum tempo temos trabalhado em novos equipamentos, que se adequem à nova realidade dos guerreiros, tanto em terra como no mar.
Recebam, agora, este nosso presente!
Os novos equipamentos forjados pelos deuses trazem a essência do poder do Tridente Lendário e a força de um novo metal sagrado, inquebrável, mais duro do que o melhor aço existente nesta galáxia e, ao mesmo tempo, leve para o manuseio por guerreiros de todos os portes, que se adapta a todos os estilos de luta.
Sabemos que Midranda está mais poderoso do que nunca.
Mas, juntos, venceremos esta guerra!”

Visite, agora, o mapa Santuário do Abismo e derrote os seus monstros e o Boss Midranda Ressurgido para conquistar e conhecer os novos Itens Abissais do nível 165!



Itens de Ataque




Itens de Defesa






Item de Boss





Buffs Especiais

Obtenha combinações de itens do novo set Abissal do Nível 165 e receba os Buffs Especiais ao equipá-los no seu personagem, de acordo com a tabela abaixo:





Novas Quests Diárias


A Guerra contra Midranda começou e a ameaça aos pristonianos é muito maior do que todos poderiam esperar ou se preparar.
Enquanto o Comandante Derik organiza-se para enviar as suas tropas para o Abismo do Mar mais uma vez, o Comandante Raory ajuda a Instrutora Aline e o Caçador Owen a incrementar o treinamento diário dos guerreiros pristonianos.
 
Engaje-se nas novas Quests Diárias da atualização da versão 4.22.6 do Priston Tale!


PNJ Instrutora Aline

• Mapa Abismo do Mar Congelado: nova quest para personagens da categoria de nível 155+ e adequação da quest atual para a categoria de nível 160+
• Mapa Santuário do Abismo: novas quests para personagens das categorias de nível 165+ e 170+


PNJ Caçador Owen

• Mapa Abismo do Mar: nova quest para personagens da categoria de nível 150 a 154
• Mapa Abismo do Mar Congelado: novas quests para personagens das categorias de nível 155 a 159 e 160 a 164
• Mapa Santuário do Abismo: novas quests para personagens das categorias de nível 155 a 159 e 170+



Novos PNJs

PNJ Zarad
 
Quando Príncipe Zarad e a Sereia Marina observam o exército de Midranda crescendo, rapidamente, às custas da submissão do seu povo a um sofrimento sem fim e à escravidão, e a Fortaleza é ocupada pelo inimigo, decidem sair do seu esconderijo e agir.
Esgueirando-se, habilmente, para desviarem-se das tropas opressoras, Marina consegue chegar ao Abismo do Mar e Zarad posiciona-se, estrategicamente, na entrada do Santuário do Abismo para ajudar o seu povo a fugir e auxiliar os guerreiros aliados pristonianos quando chegarem para a batalha.
O novo PNJ Zarad está localizado no mapa Santuário do Abismo e é do tipo Armazém.
 
 
PNJ Guarda Maluco
 
Em todas as guerras, surgem novos heróis excêntricos dispostos a ajudar da melhor forma que puderem.
Um Guarda de Ricarten comum, sem nenhuma habilidade extraordinária, mas sonhador e possuidor de um enorme coração, sempre sentiu-se atraído pela magia dos oceanos.
As dificuldades da sua vida, entretanto, nunca permitiram que fosse recrutado para fazer parte das tripulações, altamente qualificadas, nas frotas de navios pristonianos.
Apaixonado pelos mares, sempre que podia, visitava o porto para fazer novas amizades.
Assim, conseguia sair nos pequenos barcos de pescadores e começou a praticar o mergulho como hobby.
Quando a Guerra dos Mundos começou, não teve o privilégio de ser agraciado pela deusa Idhas com o dom de respirar sob as águas desprovido do seu equipamento.
Mas, o Guarda de Ricarten nunca desistiu e conhecer o Abismo do Mar tornou-se uma verdadeira obsessão.
Durante todo o curso do conflito, dedicou-se diuturnamente a desenvolver e aprimorar o seu equipamento de mergulho para poder atingir grandes profundidades, mas não conseguiu concluir o seu projeto a tempo de poder ajudar os seus companheiros pristonianos nas batalhas que se seguiram na grande Guerra dos Mundos.
Agora, com o Ressurgimento de Midranda no Santuário do Abismo, enxergou uma nova oportunidade para realizar o seu sonho.
Determinado, o Guarda de Ricarten anônimo consegue embarcar, clandestinamente, em um navio da marinha pristoniana e, finalmente, chega ao seu tão almejado destino.
De repente, ele veste o seu traje exótico e desengonçado de mergulho, desenvolvido com a sua própria tecnologia rudimentar, através do seu conhecimento acumulado ao longo dos anos e, antes que pudessem impedi-lo, salta no mar, rumo às profundezas.
Os guerreiros do navio só puderam visualizar e reconhecer o capacete icônico utilizado pelos guardas da cidade, mas não conseguiram identificar o lunático que tinha se atirado no oceano.
Tornando-se motivo de especulações e chacotas entre os tripulantes do navio, todos começaram a contar e a recontar a inusitada história do Guarda de Ricarten, identificando o mergulhador misterioso como o “Guarda Maluco”.
Mas, a perseverança do sonhador Guarda mergulhador é recompensada afinal.
Chegando às profundezas do oceano, o seu traje demonstra-se bastante funcional e ele consegue explorar e contemplar as belezas e encantos do Abismo do Mar por algum tempo.
Maravilhado, o Guarda Maluco acaba se perdendo na imensidão do mundo do povo das águas e, sem saber como, acaba entrando na Fortaleza acidentalmente.
Ao deparar-se com o exército de Midranda e com a Fortaleza ocupada pelo inimigo, por sorte, é resgatado pelo Príncipe Zarad e, permanecendo ao seu lado, decide ajudar os pristonianos também.
O novo PNJ Guarda Maluco está localizado no mapa Santuário do Abismo e é do tipo Vendedor de Poções.Converse com ele e divirta-se!





Midranda ressurgiu e está mais perigoso e cruel do que nunca!
Você precisará dos novos equipamentos forjados pelos deuses para poder enfrentá-lo.
A Última Guerra dos Deuses começou e será definitiva.
O destino do mundo do Priston está em suas mãos!
 
Faça, agora mesmo, o Update do Santuário do Abismo!
Atualize o seu Cliente de Jogo do Priston Tale para a versão 4.22.6 e conheça todos os novos conteúdos para expandir a sua diversão.
 
 
 
Equipe Priston Tale

COMENTÁRIOS

ThebardParabéns Zenit Gamers.
Um dos melhores eventos e principalmente uma das melhores publicações no site, 100% detalhado e com otimas imagens para os players.
19 dias atrás

AndersonAlvesCoelhoAchei os intens de defesa lindos de mais, só achei que faltava um pouco mais de azul.
18 dias atrás

Para comentar, é necessário que você efetue o login.




RANKINGAWELL
xCapeta
172

Sausage
172

xDiggx
171

pumphell
171

†BreakOfDay†
171

BLESS CASTLEAWELL
AlcatraZ
RuleZ
PlayHarD

BELLATRAAWELL
AlcatraZ
CarteL
IdNemEgente

PRISTON LIVE!
ÚLTIMOS PUNIDOSAWELL
NegoMaconherÜ
111
25/06/2020

[ps]da[morte]†
108
27/04/2020

FlorxD
89
01/03/2020

PRISTON SHOP